Bon Jovi no Rock in Rio tem ingressos esgotados
27 de abril de 2019
Djavan traz de volta, no show ‘Vesúvio’, música dada para Gal Costa e nunca incluída na discografia do artista
27 de abril de 2019

Seu Jorge espalha ‘Vento de maio’, 40 anos após Lô Borges, em dueto com Maria Rita

Os ventos fortes de Elis Regina (1945 – 1982) continuam a soprar na direção de Maria Rita. Em 1980, ao gravar o que seria o último álbum de carreira que se encerraria abrupta e precocemente na manhã de 19 de janeiro de 1982, Elis deu voz a Vento de maio (Telo Borges e Márcio Borges, 1979) em gravação feita com sutil participação de Lô Borges, intérprete original dessa canção que tinha sido lançada por Lô no ano anterior, no álbum A via láctea (1979).

Decorridos 40 anos, quem espalha Vento de maio é a cantora Maria Rita, filha de Elis, mas como convidada de Seu Jorge. Vento de maio é, nas vozes de Maria Rita e Seu Jorge, uma das músicas do álbum que o cantor carioca – radicado em Los Angeles (EUA) desde 2013 – deverá lançar no segundo semestre deste ano de 2019. O dueto foi gravado há seis anos, em março de 2013.

Neste disco, intitulado O outro lado e formatado nos Estados Unidos com produção de Mario Caldato e arranjos de Miguel Atwood-Ferguson, Jorge se exercita como intérprete de composições alheias.

Uma das músicas do repertório bilíngue do álbum O outro lado é Crença (1967), música de Milton Nascimento com versos de Márcio Borges, também letrista da mencionada Vento de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *