Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Marisa faz 50 anos com remix, inédita gravação em novela e futuro secreto

Foto: Leo Aversa - Crédito obrigatório.

Marisa Monte completa hoje, 1º de julho de 2017, 50 anos de vida sem discos ou shows alusivos à data e com futuro artístico ignorado na carreira iniciada há 30 anos com cultuados shows feitos em 1987 no Rio de Janeiro (RJ), cidade natal da cantora, compositora e instrumentista carioca. Single (capa na foto menor) com sedutor remix da canção Infinito particular (Marisa Monte e Arnaldo Antunes, 2006) – produzido pelo DJ goiano Bhaskar a partir de gravação feita pelo cantor capixaba Silva para o álbum Silva canta Marisa (2016) – chegou ontem às plataformas digitais pelo selo de música eletrônica Austro Music sem referências à data.
Simultaneamente, uma gravação inédita de Marisa – Flor do Ipê (Arnaldo Antunes, Cezar Mendes e Tom Veloso), feita sem qualquer menção na mídia para a trilha sonora da novela A força do querer – tem sido tocada na trama exibida pela TV Globo às 21h, propagando uma das mais belas músicas já gravadas pela artista nestes 30 anos de trajetória referencial na história do canto feminino do Brasil.

Flor do Ipê é inédita canção melancólica e nostálgica que segue rota carioca na letra lírica que cita bairros da cidade do Rio de Janeiro (RJ), mas a melodia parece desembocar em alguma trilha ruralista do interior do Brasil em que se ouve toadas embebidas em saudade. De acordo com informações da ficha técnica do CD A força do querer vol. 1 (Som Livre), o fonograma de Flor do Ipê pertence a Uns Produções Artísticas, empresa de Paula Lavigne.

A gravação de Flor do Ipê é mais uma amostra da elegância do canto de Marisa Monte – nobreza reiterada na recente turnê feita pela artista com o cantor, compositor e músico carioca Paulinho da Viola em três cidades do Brasil entre maio e junho deste ano de 2017. Tanto Marisa quanto Paulinho negaram os pedidos de entrevistas sobre o show. O que alimenta a expectativa sobre o próximo passo profissional de Marisa.

Rumores sobre possível volta dos Tribalistas, 15 anos após a gravação e edição em 2002 do primeiro e único álbum do trio, foram oficialmente negados, mas sabe-se que Marisa, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown andaram gravando músicas em estúdio no primeiro semestre deste ano de 2017. Artista que circula nos bastidores musicais revelou ao colunista do G1 que, em 2016, quando ensaiava show dirigido por Paulo Borges, Brown chegou a comentar com Borges que a razão da reunião do trio na época era a gestão da sequência do projeto Tribalistas.

Com ou sem a concretização do retorno, Marisa chega aos 50 anos sem vínculos contratuais com gravadoras. Condutora firme da própria carreira, a artista está livre para fazer o que quiser. Inclusive para nada fazer se assim decidir. Sem lançar álbum de estúdio desde 2011, Marisa Monte é cantora que fez poucos discos ao longo dos 30 anos de carreira. Por isso mesmo, há a permanente expectativa por um novo projeto dessa artista hoje cinquentenária que ainda mobiliza multidões a cada anúncio de disco ou show.

Deixe seu comentário: